Categoria: Clareamento Dental

Clareamento dental: 8 respostas pra esclarecer suas dúvidas

Clareamento dental: 8 respostas pra esclarecer suas dúvidas

Sobre o tema Dentista responde tudo sobre o procedimento que promete dentes branquinhos e sem manchas

Compartilhar
Assine já!

Clareamento dental é uma ótima pedida pra quem está sentindo o sorriso um pouco amarelado ou se incomoda com machinhas na arcada dentária. Se vocês está pensando em fazer o procedimento, seja em casa ou no consultório, leia as 8 perguntas mais comuns sobre o tema e, claro, suas respostas.

Leia também: White Max funciona

Confira:

Leia mais
+Sorriso perfeito: tudo o que você precisa saber sobre plástica dental
+Sorriso: Compare os dentes dos famosos antes e depois da fama
1 – O clareamento a laser trata dentes manchados?
“Sim, o clareamento dental a laser é indicado tanto para dentes escurecidos de maneira uniforme quanto para aquelas pessoas que tem pequenas manchas”, explica o dentista Mario Groisman. Feito no consultório, o tratamento usa um gel à base de peróxido de hidrogênio, que quando penetra no esmalte e na camada externa do dente (conhecida como dentina) libera oxigênio e quebra as moléculas de pigmentação responsáveis pelo escurecimento.

2 – Posso fazer clareamento em casa sem consultar um dentista?
“O clareamento dental doméstico usa um gel clareador de baixa potência, que o paciente aplica por meio de uma moldeira de silicone feita em laboratório. Neste molde, o paciente aplica o gel clareador e o deixa na boca durante o tempo determinado pelo dentista, podendo inclusive dormir com ele. O tratamento dura entre 10 e 30 dias, só podendo ser feito com recomendação de um profissional especializado”, esclarece Groisman.

3- Como é feita a escovação durante o tratamento?
O paciente deve escovar os dentes com menos frequência durante o tratamento. Groisman explica que a pessoa que faz clareamento pode escovar os dentes normalmente, desde que a pasta não contenha corantes, pois os dentes estão mais sujeitos à manchas.

Clareamento dental: esclareça suas dúvidas (Foto: ThinkStock)
Clareamento dental: esclareça suas dúvidas (Foto: ThinkStock)
4- Quem faz clareamento pode ficar com os dentes sensíveis?
Sim, em alguns casos os dentes podem ficar sensíveis, mas o sintoma pode ser controlado com o uso de produtos a base de flúor, por exemplo. A maioria dos produtos clareadores já têm, incorporados na sua fórmula, agentes que atuam para evitar o problema.

5- O dente clareado pode escurecer novamente?
Sim, os dentes clareados escurecem naturalmente com o passar do tempo, mas dificilmente voltarão à cor inicial. “Com passar da idade os dentes tornam-se mais escuros, sendo recomendadas novas sessões de clareamento”, orienta o dentista.

6- O que diferencia do tratamento feito em casa e do feito com o dentista?
Em casa, o clareamento se faz de forma mais suave e não emprega o uso da luz que acelera o processo no consultório, no entanto, a duração e a eficácia dos dois métodos podem ser semelhantes, e vão depender muito dos hábitos do paciente, que deverá evitar a ingestão de alimentos e bebidas que repigmentem os dentes.

7- Uma das melhores formas de proteger os dentes dos inimigos como café e refrigerante seria usar um canudo?
Sim, o canudinho pode ser uma boa dica para proteção dos dentes uma vez que empurra o líquido diretamente para a garganta. Minutos depois de ingerir alguns desses “inimigos”, faça um bochecho com água. Isso vai ajudar a eliminar substâncias ácidas que escurecem e atacam seus dentes. Meia hora depois, é claro, a escovação termina o serviço.

8- É verdade que precisa esperar para escovar os dentes depois de beber café, chá, sucos ácidos ou molho de tomate?
Sim, 30 minutos é o tempo necessário para que a saliva possa agir e neutralizar o pH dos alimentos e bebidas. O café, o vinho, o refrigerante e o suco de laranja, por exemplo, apresentam pH inferior a 5,0. Portanto, são ácidos e causam erosão, levando a perda da estrutura dental (cálcio).